15 de abril de 2013

Titanic


Nesta exata hora, há 101 anos, em suas primeira e última viagem, o R.M.S. Titanic descia para seu túmulo. Sendo visto novamente pelos olhos dos humanos em 1º de Setembro de 1985.

Aquele dito como o navio mais seguro da época, foi a pique em 15 de Abril de 1912. O maior e mais luxuoso navio já então construído. Um projeto audacioso, mais de 1.500 trabalhadores irlandeses, uma mobilização no meio naval, os navios (Olympic e Titanic, posteriormente o Britannic também) de orgulho da White Star Line, um sonho para William Pirrie, Bruce Ismay e Thomas Andrews, uma ameaça a rival Cunard Line e a esperança de milhares de passageiros que sonhavam com vidas melhores na América.


Uma história fascinante, porém trágica, presente na mente de milhões de pessoas até os dias atuais. Um dos piores acidentes navais e de mobilização mundial. A campanha maciça de sua companhia, os inúmeros avisos de icebergs, as diferenças socioeconômicas, a banda tocando enquanto o navio caminha para seu final, a salvação do dono do Titanic, o capitão Edward Smith acompanhando o destino da última embarcação comanda por ele mesmo, a perda de nomes importantes no meio industrial, as lendas, as hipóteses, as descobertas e o legado. 1.506 vidas perdidas, sonhos que se foram, risos que foram calados e destinos que foram selados. Um acontecimento que gera novos admiradores a cada dia e que nos mostra que nós ser humanos, por mais que sejam nossos avanços, não somos capazes de compreender a lei da vida e seus mistérios.

Que descansem em paz, não somente as vítimas, mas as 2.223 pessoas que passaram por horas de horror, espanto e sofrimento. Minhas singelas e sinceras palavras.

Titanic 15-04-1912

13 de abril de 2013

Titanic 13-04-1912



exactamente a 101 anos no dia 13 de abril de 1912 o Titanic ainda estava sobre as aguas do oceano faltando menos de 2 dias para seu naufragio. O Titanic percorre 835 km com ritmo Claro e Limpo, mas Avisos sobre Gelo, comuns Nesta Época, São recebidos. Passageiros de Os reportam Ô MINIMO DE Vibrações Barulho UO não Navio. 

10:30 - Aviso de grandes blocos de gelo é enviado pelo Rappahannock (foto) que foi danificado ao atravessar um campo de gelo. 10:30 - Aviso de Grandes blocos de Gelo E enviado Pelo Rappahannock Que FOI AO danificado atravessar hum campo de Gelo

10 de abril de 2013

Titanic 101 anos




Exactamente hoje o Titanic faz 101 que ficou neste porto , ele partiu de southampton no dia 10 de abril de 1912 , faltando menos de 5 dias para seu naufragio .passageiros começam embarcar , pessoas muito ricas , milionárias inclusive o homem mais rico do mundo na época , e também começavam embarcar as pessoas simples da terceira classe ...

Titanic a ser testado :)


9 e 10 DE ABRIL DE 1912

EVENTOS EM 9 DE ABRIL DE 1912

No dia 9 de abril, todos os oficiais, menos o Capitão Smith, passaram a noite a bordo, cumprindo os quartos regulares de serviço e supervisionando os preparativos para o embarque dos passageiros. Nos guindastes, na calefação e outros trabalhos, o navio gasta 415 toneladas de carvão. A sobra do que trouxe de Belfast, somada às 4.427 toneladas que recebeu de outros navios, computam-lhe um total de 5.892 toneladas. Não enche as carvoeiras, cuja capacidade é de 8.000 toneladas, mas é bastante para sete dias de viagem: o consumo diário, em velocidade de cruzeiro, é de 650 toneladas. Persiste, entretanto, o incêndio da carvoeira da sexta sala de caldeiras. O Capitão Smith traz do Olympic o Chefe dos Oficiais Henry Wilde, rebaixando Murdoch para primeiro oficial e Lightoller para segundo oficial. O segundo anteriormente nomeado, David Blair, que vem do Teutonic, é descartado e, para sua felicidade, não viajará. Para a infelicidade de quem segue a bordo e será vítima da incúria e da sobrançaria, ninguém lhe pergunta onde guardou o binóculo dos vigias. Wilde estava cotado para comandar o Oceanic, mas permanecia em Southampton por causa da greve. Sua nomeação desgosta os oficiais, sobretudo os que são afetados. Nos dias seguintes, os tripulantes continuarão a chamar Murdoch de "chefe". Nova imposição do Capitão Smith: o comissário Barker é rebaixado a assistente e é contratado como comissário-chefe Hugh McElroy, que também vem do Olympic, com um salário 25% maior. O Titanic é visitado pelo supervisor local do Board of Trade, Capitão Maurice Clarke, que inspeciona o navio acompanhado de Andrews e dos oficiais Lowe e Moody. Testa a lâmpada Morse e lança um foguete de sinalização, aprovando. Embarca num dos botes salva-vidas, o Standard 11, e ordena que os oficiais o lancem, com apenas nove tripulantes. Aprova também, quando deveria ter arriado o bote com a lotação completa, 65 passageiros. A incerteza dos oficiais quanto à resistência dos turcos os induzirá a reduzir a ocupação dos botes durante a primeira hora e meia do naufrágio, causando a perda de quase 500 vidas. A inspeção é tão superficial que não alcança os conveses inferiores, convalidando o certificado de qualidade de um navio que traz ardendo uma das carvoeiras - incidente que o capitão, por sua vez, trata de omitir, acordando com a insensata auto-suficiência da empresa: "Não consigo imaginar algo que possa levar um navio a naufragar", ele declarou, antes do embarque, "a moderna construção naval está muito acima de qualquer fatalidade". Retirando-se o supervisor, Smith faz sua própria inspeção, acompanhado de Wilde e Murdoch. Na ponte, um jornalista londrino o fotografa. Andrews escreve à esposa, Helen, comentando que o Titanic está pronto, e amanhã, ao zarpar, contribuirá para dar mais prestígio à Harland & Wolff. Na última noite em Southampton, todos os oficiais dormirão no navio, menos o capitão.

E Em 10-04-1912 segue todo o mundo para dentro do maior transatlântico da epoca o TITANIC!