18 de janeiro de 2011

Gallic



Construção: 1918
Toneladas: 7.914
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Gallic 1894) sem o seqüencial 2. Foi requisitado pelo Shipping Controller of London e recebeu o nome de War Argus. Em 1919, foi transferido para a White Star e recebeu o nome de Gallic. Em 1933, foi vendido a Clan Line, sendo renomeado para Clan Colquhoun.


Delphic

 

Construção: 1918
Toneladas: 8.006
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Delphic 1897) sem o seqüencial 2. Construído pela Workman, Clark and Company Ltd., em Belfast, para a Booth Line, como navio de carga. Logo após seu lançamento foi requisitado pelo Shipping Controller of London e recebeu o nome de War Icarus. Foi utilizado no final da Primeira Guerra Mundial. Após o término da guerra foi vendido para Atlantic Transport Line e recebeu o nome de Masaba. Em 1925, foi transferido para a White Star para o transporte de carga e recebeu o nome de Delphic. Em 1933, foi vendido a Clan Line, sendo renomeado para Clan Farquhar. Desmantelado em 1948.

BARDIC

Construção: 1918
Toneladas: 8.010
Construído em 1918 como um navio de carga sob o nome de War Priam, foi vendido para a White Star e renomeado Bardic. Era um navio lento e por isto foi vendido em 1926 para Aberdeen Line e recebeu o nome de Horatius. Permaneceu por sete anos na Aberdeen Line, depois foi transferido para Shaw - Savill and Abion Line e foi renomeado para Kumara. Em 1937, foi vendido para Greek Shipping Line, sendo renomeado Marathon. Em 3 de setembro de 1941, foi afundado pelo couraçado alemão Scharnhorst, próximo as ilhas de Cabo Verde.

14 de janeiro de 2011

Traffic


 Construção: 1911
Toneladas: 675
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Traffic 1873) sem o seqüencial 2. Construído nos estaleiros Harland & Wolff para a White Star Line foi lançado em 27 de abril de 1911. Seu dever era transportar passageiros da 3ª classe, bagagem e correio do porto de Cherbourg até o Olympic e Titanic. Com a eclosão da Primeira Guerra Mundial, em 1914, o Traffic foi usado como transporte de tropas para os navios de guerra de grandes dimensões. Depois da guerra, em 1929, o Traffic foi vendido a French Line para executar o mesmo serviço de transporte de passageiros do porto até os grandes navios. Mais tarde, naquele mesmo ano, colidiu com Homeric e teve danos consideráveis. Após os reparos, incluindo novas hélices para melhor desempenho, o Traffic ironicamente se envolveu em outra colisão com outro navio da IMM; o Minnewaska IV da Atlantic Transport Line's. Sobrevivendo ao ano de 1930, o Traffic, foi remoneado para Ingenieur Riebell, e estava em serviço na Segunda Guerra Mundial. Foi afundado deliberadamente pela Marinha Francesa no porto de Cherbourg para bloquear o avanço da frota naval alemã. Os alemães o resgataram e converteram o Ingenieur Riebell como um cruzador de comboio de escolta armada. Atuando na frota inimiga, o ex-Traffic da WSL, que levou passageiros ao Olympic e Titanic foi torpedeado e afundado pela Marinha Real Britânica em 17 de janeiro de 1941.

Nomadic




Construção: 1911
Toneladas: 1.273
Segundo navio da companhia a ter o mesmo nome (Nomadic 1891) sem o seqüencial 2. Construído para a White Star Line em 1911 pela Harland e Wolff, em Belfast, com o propósito de transportar os passageiros de Cherbourg até o Olympic e Titanic. O Nomadic foi construído para substituir o velho Gallic. Era muito similar ao seu irmão Traffic. A White Star Line vendeu o Nomadic em 1933 para uma companhia em Cherbourg e recebeu o nome de Ingenieur Minard. Serviu como navio patrulha durante a Segunda Guerra Mundial para a Marinha Real. Após a guerra, Nomadic (Ingenieur Minard) participou de um concurso juntamente com o Queen Mary em 1968. Foi vendido depois para um comprador particular que o transformou em restaurante em 1977 sobre o Rio Sena, na França. O restaurante saiu dos negócios, e o pequeno navio ficou por quase 30 anos vazio. As coisas pareciam sombrias para o Nomadic, pois o proprietário estava pensando em vender para sucatear. Em 2006, foi adquirido pela Secretaria de Desenvolvimento Social de Belfast, Irlanda.